15 de maio de 2017

Um sábado em Carvalhais

Sábado, dia 13 de Maio, rumámos ao baldio de Carvalhais, primeiro para o nosso voluntariado mensal e pela tarde, o Passeio do Fogo.


Com a contribuição dos nossos voluntários, os quais demonstraram que a vontade supera as nuvens mais negras, a manhã foi dedicada a mais uma acção de gestão do baldio.




Perto de uma linha de água, iniciámos a abertura de um caminho antigo que permitirá aceder a uma considerável área plana situada no interior da propriedade e simultaneamente reabilitar caminhos que pela sua falta de uso, hoje encontram-se escondidos no interior da vegetação.


Antes (esquerda) e depois (direito).

Este caminho, apresenta de momento muita água que a seu tempo será redireccionada novamente para a linha de água. Até lá, continuará a manter os vários salgueiros que se instalaram no caminho.



À medida que fomos avançando, fomos tendo boas surpresas, como é exemplo este carvalho que teve direito a um tratamento que lhe permitirá crescer mais rapidamente.


Na parte da tarde, e já depois da merenda perto dos moinhos do Pisão para recuperar forças, foi tempo para o Passeio do Fogo.

O passeio percorreu a área intervencionada com fogo controlado em Fevereiro e o António Salgueiro explicou-nos os vários aspectos de um fogo controlado, a sua variação consoante os objectivos e as inúmeras possibilidades e aplicações.



Entrámos na área ardida, observámos, tocámos e discutimos ideias.



O incêndio do verão passado foi igualmente abordado, sendo visível à distância e analisadas as diferenças para o fogo controlado



E após dois meses foi já possível ver alguns carvalhos na área ardida, que serão muito importantes para a melhoria das condições futuras do baldio.

Sem comentários:

Enviar um comentário